segunda-feira, dezembro 31, 2007

Feliz 2008

O que vocês querem sabemos nós...


... mais um ano de Predilectos!

sexta-feira, dezembro 28, 2007


terça-feira, dezembro 25, 2007

Deus se fez mamífero

Os raios de luz que iluminam a nossa face são a infinitésima fracção da potência que a estrela emitiu.

Deus manifesta-se de muitas formas e todas nos parecem limitadas e pobres relativamente aos atributos que Ele diz possuir. Lá está a relatividade a tramar-nos, nunca conseguimos observar os fenómenos de todas as posições, de todos os ângulos, de todas as eras, do lado de fora da nossa toca.

Resta-nos gozar o calor dos preciosos raios que nos são concedidos e a compreensão do global pelo fenómeno da fé.


A Ele o feriado que lhe pertence!

“Só aquele que é a Palavra era a luz verdadeira, que alumia toda a humanidade, a luz que apareceu neste mundo. Ele veio realmente ao mundo, mas o mundo não o reconheceu apesar de ter sido criado por meio dele. Veio para o seu próprio povo, que não o quis receber. Mas aqueles que o receberam e acreditaram nele deu o privilégio de se tornarem filhos de Deus.”

Escrito por João no primeiro capítulo do seu evangelho.

quinta-feira, dezembro 20, 2007

stress natalicio..


terça-feira, dezembro 18, 2007

Espécies pós-modernas

Desenganem-se os que julgam que o mundo se resigna à estagnação taxonómica.
Nos anos 50 assistimos à renovação das espécies de bicharada que andam por este planeta fora.
Foi necessário um processo evolutivo galopante?
Não!
Foi o resultado de uma expressão extraordinária, instantânea e insondável da criatividade divina?
Também não!

Bastou que meia dúzia de cromos sapiens sapiens se juntassem para alterar a definição de espécie.

Espécie é actualmente um grupo de indivíduos que se pode reproduzir entre si, antes era um grupo de bichos parecidos.

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Parabéns por mais um aninho!

O meu Maridão faz hoje 31 aninhos. Aproveito esta ocasião para lhe desejar as maiores felicidades, e para lhe dedicar uma pequena leitura:

"Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos.
Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem.
A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa.
Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor.
De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida,
e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel."
Salmo 128

quarta-feira, dezembro 12, 2007

Ciência cristã

Parece-me normal que os cristãos prefiram dedicar-se à conversão do cristianismo em ciência, do que propriamente à sua conversão cristã.

É que é muito mais difícil encontrar falhas em arquitecturas científicas (por mais toscas que sejam), do que encontrar as incoerências dos discípulos de Cristo.

terça-feira, dezembro 11, 2007

Vanglória, serviço e vocação… (segunda parte)

Isaac Newton elaborou um modelo matemático, baseado nas descrições das escrituras sagradas, que prevê que o fim do mundo não ocorra antes de 2060!

Não há cientista cristão megalómano que ao ler isto não sinta o mesmo desejo de começar a estudar escatologia.

Escatologia é a disciplina que se dedica ao estudo do fim dos tempos (apocalipse)

sábado, dezembro 08, 2007

Chegou o Marcos Filipe.. afilhado, entenda-se


uma noite sem dormir a pensar nos sonhos que tinha para ele.. aqui vão alguns que ficaram registados no caderno dele (impressionante como uma "coisinha" tão pequenina nos faz sonhar!):
" (...) que sejas um menino tranquilo e obediente,
que sejas um menino generoso para com os outros à tua volta,
que saibas valorizar o que tens, quem és e não precises de mais nada
que possas cuidar da natureza que Deus nos dá,
que sejas do SLB .. (humm.. ou talvez não... ja nao sei muito bem...)
que sejas um menino comprometido e com convicções que te sustentam
que ames Deus e os outros,
que não te conformes e sejas um vector de reconciliação e justiça à tua volta
que passes muito tempo em casa dos padrinhos e a brincar com a Luna, e a sujar-te todo e a fazer coisas giras e libertadoras ao ar livre!
e mais algumas que agora não me lembro, mas o padrinho há-de ter umas boas...

sexta-feira, dezembro 07, 2007

Chamam-lhe Vida

Um gato a dormir pode ser um acontecimento banal neste planeta. Contudo, a informação contida neste corriqueiro fenómeno terrestre, excede largamente toda a informação que se pode retirar da imensidão dos restantes astros que constituem o universo.



Este bicho que dorme contém átomos que apenas se geram em explosões de Supernovas, integrados em moléculas que ele próprio contrói por medida a cada instante, para a insondável miríade de reacções químicas que são coordenadas e controladas por ele até aos limites da termodinâmica.
Porque ele conhece as propriedades da matéria, muito além do que seria possível racionalizar e tudo tem registado numa biblioteca colossal e inigualável, mas que no entanto, poderia acomodar-se no vazio que fica entre duas fibras das que compõem uma folha de papel.

Mas mais relevante do que tudo isto, é que se o acordarmos ele ergue-se e olha-nos como se houvesse um propósito. Fita-nos como se sonhasse que toda a complexidade que ele representa, e que daria para encher outros 1000 universos fora dele, se resumisse ao simplesmente necessário para apreciar o prazer de interagir, ainda que por breves momentos, com outro que lhe é semelhante.

quinta-feira, dezembro 06, 2007

Vanglória, serviço e vocação…

Muito se poderia dizer de Sir Isaac Newton, mas hoje contento-me em revelar as suas semelhanças com o Michael Bolton.

Não há dúvida que ele podia ter sido artista - certamente teria curtido muito mais. Só que os eighties do século XVII não foram como os eighties do séc. XX. Sorte para o Michael Bolton e sorte para nós, senão ainda todos usávamos espadas e montávamos a cavalo.

O que até nem seria mau...
Pior seria não haver Newton nem se usarem espadas!

terça-feira, dezembro 04, 2007

Ciganos maravilha

A incoerência social é apenas um facto – ainda que seja triste. É um pouco como constatar as luzes do santuário Cristo Rei.
Infelizmente, o Quaresma maravilha-nos tanto por ser genial como por ser cigano.
É pena que os ciganos se abstenham de dar o seu contributo social em tantas áreas em nos faltam uns Quaresmas; na política, na ciência, na comunicação social. E este aparece-nos logo no futebol - com a agravante de jogar no Porto e marcar golos ao BENFICA.
Porque não foi ele para maratonista?

Ou para a Câmara de Lisboa? De certeza que não estávamos agora prestes a contrair empréstimos bancários exorbitantes…

Ou para ministro dos negócios estrangeiros? que haviam de chover subsídios neste país!

Ou para secretário geral do PSD…

segunda-feira, dezembro 03, 2007

Incoerência social

Acho que seria socialmente mais coerente se as pessoas ciganas jogassem futebol em campeonatos organizados entre si.

sexta-feira, novembro 30, 2007

Hora COCA-COLA no IST

Como já é do conhecimento dos prezados leitores, o Instituto Superior Técnico (IST) é um ecossistema especial – à margem da taxonomia.

Contudo, no decorrer dos últimos anos tenho constatado que, ao contrário do que muitos presumem, estes mamíferos não se dedicam apenas aos livros. Existem também algumas actividades sociais paralelas.

Por exemplo:
Recentemente descobri que as minhas colegas da cave da Torre Sul, assistem ocasionalmente (mais do elas desejariam) a um espectáculo gratuito de malabarismos “mano-fálicos” na janela do laboratório.
De facto, a posição elevada e recondita da janela, aliada às suas grandes dimensões, favorecem-na como um palco de excelência para estas manifestações de arte “pudi-bundica”.

O meliante, apesar das queixas, nunca foi apanhado pelos seguranças.
Há que relembrar que esta malta, ainda que sofra profundas influências extraterrestres, está longe de ser parva...

Concluindo:
Não sou psicólogo, mas parece-me evidente que existe aqui um dualismo complicado de resolver:

- Será que o libertino gosta que as pessoas não gostem de ver pornografia durante a hora de expediente? (pelo menos ao vivo…)

- Ou será que o indivíduo apenas tem dificuldade em compreender que as pessoas só apreciam aquelas figuras em despedidas de solteira?

quinta-feira, novembro 29, 2007

DESGRAÇA e os princípios da sua causalidade

DESENVOLVIMENTO (continuação)

Princípio número 2:

Interpretação (B) do crente em entidades espirituais maquiavélicas:
Neste caso, o galheiro = cornudo = diabo

O diabo é sempre uma causa segura de desgraça, tem as costas largas e merece arcar com as desgraças todas.

“Foi pó galheiro”, é então a objectivação da desgraça que ninguém quer assumir – de facto, a culpa só morre solteira entre descrentes. Os outros livram-se dela com maior facilidade atribuindo-a a alguém que foi eternamente condenado.

Obviamente que este código criminal trás profundas limitações ao cristianismo, pois devia ser Cristo a carregar as nossas culpas e não o diabo.

Aplicação:
De acordo com o que tem sido proposto, o que dizer da participação do Benfica na Liga dos Campeões?

Foi pó maneta? Ou foi pó galheiro?

quarta-feira, novembro 28, 2007

O segredo?

O segredo é Knorr!

Um cubinho de galinha dentro dos calções do Kaka…

… e do resto a Natureza se encarregará.
.

terça-feira, novembro 27, 2007

tea


duas prendinhas para duas gravidíssimas... um cházinho de Luci-lima..

segunda-feira, novembro 26, 2007

Inflação cinematográfica

Ainda não vi o filme “Corrupção”, nem li o livro da senhora Carolina, mas rendo-me às coisas insignificantes. A Margarida Vila Nova inflaciona a Carolina.

Mas acho que isso não muda nada, pois a Carolina inflaciona-se mais a si própria do que a Margarida alguma vez conseguirá inflaciona-la.
Aquela expressão de arrependimento, atrevimento e consciência moral é um cocktail muito poderoso e complicado de reproduzir.

Pelo que vi na apresentação, é mais fácil a personagem do Nicolau Brayner.

Mas não desconfio deles como desconfio da “Letra L”. Há uma beleza que é intrínseca à realidade crua – que é o que me faz pensar/gostar quando assisto a estas projecções.

Contudo, admito estar a ser injusto, se o “L" for de “Lingerie” , então a série está muito bem conseguida.

sábado, novembro 24, 2007

Eu, eu e mais eu... e ainda eu...?

Pois é, a pedido da Sara lá vou eu fazer mais uma das minhas inesperadas aparições... eheheh... segurem-se à cadeira que nunca se sabe o que pode sair daqui... nem eu sei...! Vou tentar que não descambe. prometo.

Praticamente todos os dias dou uma vista de olhos pelos blogues, para ter notícias do que se vai passando na Margem Sul, arredores, e não é que dou com a menina do Made With Love a acicatar-me e a dizer que eu escrevo pouco?!?!? Ora esta, hein!

Escrevo é poucas coisas com interesse, isso sim... porque lá escrever, escrevo eu muito... oh se escrevo, nem era preciso tanto! Não escrevo é muitas coisas com interesse para a sociedade... passo o dia inteiro a dar aos dedos... e a que velocidade... mas é só mesmo parlapier aprendido sabe-se lá onde e com quem, de Sra. Gestora de Clientes da Rumos SA...

Enfim... foi o que me calhou na rifa... se calhar é mesmo verdade que cada um tem o que merece. Se eu acreditasse na reencarnação diria que esta minha vida, que é só sofrer... seria a paga de algo mesmo muito mau que tivesse feito em vidas anteriores. Talvez tivesse sido uma Dona Branca, uma Cláudia Vieira, ou algo bem pior.

Nos dias que correm, a falta de computador já nem sequer serve como desculpa para não aparecer na blogosfera, dado que cá em casa há um portátil por pessoa. Nesta casa até da sanita já se pode aceder à conta bancária, escrever e-mails ... ou posts...!!! Eheheh... não se preocupem, caros leitores, que estou comodamente sentada no escritório... não comecem a divagar.

Se os cães soubessem ler e escrever, estou convencida de que ainda apareceria por aqui mais um computadorzinho... não fosse os que cá existem não serem os suficientes... eheheh...

Ler e escrever não digo... mas a minha Vicky já quase deve saber fazer contas de dividir com dois números. Com tão excelente professor e explicador cá em casa, lá para o final do ano lectivo já tem o Diploma das Novas Oportunidades afixado por cima do prato da água e da ração, assinado de cruz e carimbado pela própria pata.

Não vou contudo responder ao desafio e escrever um monte de frases sobre mim própria começadas pelo monossílabo EU, mas numa aparição futura, que espero fazer em breve, prometo partilhar convosco algumas coisas acerca daquilo a que chamo o meu dia-a-dia.
Não criem muitas expectativas pois não deve existir criaturinha mais desinteressante à face da terra. Só vos posso adiantar que vivo a um ritmo frenético. Não tenho tempo para as coisas nem para as pessoas de gosto.

Ando tão stressada e com os nervos tão à flor da pele, que é bem possível que da próxima vez que me vejam eu já use pulseirinha electrónica... não bem como esta aqui da foto... mas parecida...

Das duas três: Ou isto acalma, ou sou visitada pelo espírito do Natal Passado, ou ainda serei capa do Jornal "O Crime".

Ah! Lembrei-me agora: Mandarem-me de volta para a República Dominicana também serve!

sexta-feira, novembro 23, 2007

DESGRAÇA e os princípios da sua causalidade

DESENVOLVIMENTO (continuação)
Princípio número 2:
A segunda causa da desgraça são as pessoas com cornos – os galheiros (cornudos)

Neste caso são admissíveis duas alternativas de interpretação, dependendo da crença do interlocutor em entidades espirituais maquiavélicas.

Interpretação (A) do descrente em entidades espirituais maquiavélicas:

Galheiro será alguém que tenha sido enganado no seu relacionamento conjugal – e neste caso trata-se de uma desgraça que surge por negligência. Não será por acaso que se diz “o corno é sempre o último a saber”…

Esta interpretação aplica-se sempre que a desgraça ocorra apesar da nossa capacidade para a evitar. Quando o desgraçado profere “foi pó galheiro” ele identifica-se como o galheiro – impotente para conter a desgraça que sucedeu por falta de recursos ou inoperância.

Porém, esta interpretação contém um furo constitucional, sempre que numa situação de desgraça, não exista uma alma que se identifique como “o galheiro”.
Uma situação que também está prevista no léxico popular, à qual se aplica o provérbio: “ a culpa morre solteira”.

Neste enquadramento, torna-se clara a única explicação lógica deste provérbio: como os interveniente eram todos solteiros, ninguém pode ser o cornudo.

Depois de proferidas as palavras libertadoras deste provérbio os interlocutores podem voltar ao seu descanso, pois tudo não passou de uma ocorrência estocástica – um acaso - uma vississitude do caos.

(... a continuar...)

quinta-feira, novembro 22, 2007

muitos eus...

Eu quero... ir para a minha casa
Eu tenho... frio
Eu acho... que devia opinar mais
Eu odeio… incoerência
Eu sinto... coisas estranhas
Eu escuto... árvores a abanar
Eu cheiro... o chá
Eu imploro... a estudantes para que vivam em comunidade
Eu procuro... criatividade nas coisas
Eu arrependo-me... de passar e não parar
Eu amo... pessoas
Eu sinto dor... nas costas
Eu sinto falta... dos meus mamiferos
Eu importo-me... com detalhes
Eu sempre... aproveito móveis velhos
Eu não fico... à espera muito tempo
Eu acredito... que a justiça e a paz começam agora comigo e não um dia
Eu danço... sózinha
Eu canto... muito alto e desafinadérrima para toda a gente ouvir
Eu choro... com injustiça
Eu falho... e não esqueço facilmente
Eu luto... por reconciliação para toda a criação de Deus, incluindo pessoas
Eu escrevo... com letra muito graaaaanddddeeee...
Eu ganho... presentes!
Eu perco... o interesse facilmente por banalidades
Eu nunca... faço tudo o que esperam de mim
Eu confundo-me... acerca do futuro
Eu estou... a escrever um post que nunca mais acaba para responder à Bytes
Eu fico feliz... por saber que alguém deixou de viver para si mesmo
Eu tenho esperança... que isto acabe antes das 2:00 am
Eu preciso... duma consulta no medico de familia
Eu devería... ir marcar a consulta...

quarta-feira, novembro 21, 2007

Inflação televisiva

Estou desconfiado que as senhoras, que se envolvem sexualmente com outras senhoras, não sejam todas giras e sexys.

terça-feira, novembro 20, 2007

Tá louco…

Num rasgo de lucidez, oportunismo e genialidade alguém decidiu criar ateliers de arte no Júlio de Matos e dar telas e tintas aos residentes.
Ainda mais interessante foi alguns artistas de arte contemporânea terem exposto as suas obras juntamente com os doentes.

De certeza que se deram todos lindamente...

segunda-feira, novembro 19, 2007

DESGRAÇA e os princípios da sua causalidade

Tese em fenómenos desfavoráveis – por T. Intergaláctico

INTRODUÇÂO
As razões pelas quais a desgraça nos visita são muitas vezes incompreensíveis. Contudo, no sapiente léxico popular estão definidos alguns princípios de causalidade pelos quais nos podemos orientar.

OBJECTIVO
Nos próximos posts publicarei um novo tratado sobre a consciência da desgraça que temos presente no nosso léxico, mas que proferimos inconscientemente.

RESUMO
Existem dois princípios de causalidade fundamentais para a desgraça: os Manetas e os Galheiros.

DESENVOLVIMENTO
Princípio número 1:
Pessoas sem mãozinhas – os manetas

Neste caso, o desafortunio de não possuir mãozinhas confere-lhes a capacidade de destruir tudo o que lhes chega à mão – que eles não têm...

A expressão “foi pó maneta” é portanto uma expressão de graça para com a desgraça. De graça, por ser imputável ao maneta a responsabilidade pela destruição que causou, e de graça porque tem uma certa piada imaginarmos o maneta a tentar manipular o item que foi destruído.

(... a continuar...)

quinta-feira, novembro 15, 2007

O verdadeiro guitarrista

Ao longo dos anos tenho-me apercebido que os guitarristas toleram a presença de outros músicos apenas por uma questão ergonómica.
Até os jogadores de basquetebol necessitam de recorrer a um escadote uma vez por outra.

No fundo, o que eles apreciavam era conseguir tocar sozinhos os instrumentos todos.

Até hoje isto não passava de um produto da minha imaginação - pois nunca havia imaginado que seria possivel assistir à personificação deste estereótipo.

quarta-feira, novembro 14, 2007

grávidas...


isto foi a melhor desculpa que consegui arranjar para tirar a Cláudia Vieira do meu caminho..
um miminho para uma grávida que tem estado hibernada há vários meses, a Dirce.

sexta-feira, novembro 09, 2007

Ofuscação

Viagem de comboio para Lisboa. E eis que surge a Cláudia Vieira…
Caminhada matinal pela avenida de Roma. E eis que surge a Cláudia Vieira…
Viagem de Metro apertada na linha amarela. E eis que surge a Cláudia Vieira…


É necessário muito treino e disciplina mental para apreciar lingerie !

quinta-feira, novembro 08, 2007

andaimes

A minha casa está a ser pintada por fora, 3 pessoas do sexo masculino a conversarem de um andaime para o outro, e desde segunda feira que trabalho, reflicto e concentro-me ao som do Rádio Clube Português.

segunda-feira, novembro 05, 2007

Foi há precisamente dois anos…

Entre um beijo e outro disseste-me: “Agora já não te largo mais.”
:)

terça-feira, outubro 30, 2007

arte...?

Um "artista" da Costa Rica, Guillermo Habacuc Vargas, deixou morrer um animal à fome, em nome da arte.
E agora, em vez de ser punido, foi escolhido para representar o seu país na "Bienal Centroamericana Honduras 2008".
Se concordarem, assinem a petição, para que ele não receba este prémio.

http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html

terça-feira, outubro 16, 2007

Desperta contra a pobreza



Esta quarta-feira, junta-te connosco a centenas de estudantes na alameda da Cidade Universitária para fazermos ouvir a nossa voz contra Pobreza Extrema!

É só apareceres por lá às 12h, dirigires-te à tenda da "Associação Par" no cimo da alameda e levantares o teu cartão de participante e uma almofada insuflável e seguires as instruções.

Este é um projecto organizado pelas Nações Unidas, com o qual o Desafio Miqueias, e outras associações através deste, têm colaborado na "Luta contra a pobreza".

os filmes predilectos da predilecta

Em resposta ao desafio do Coisas Insignificantes, aqui ficam os meus 5 favorites, de que me lembro agora:

Lost in translation
The mirror mask (para justificar uma oferta :P just kidding)
The lord of the rings (tenho que escolher um...?)
Romeo and Juliet
Shakespeare in love

E para não me ficar atrás, passo a batata a : Domingueiro (espero que a "frequência e intenções da postagem" o permitam) , Conversas&Pensamentos (uma voz sensata é preciso), Gato Fedorento (nunca se sabe!), Esboços da Minha Vida( Bytes, volta, estás perdoada!) e ... a qualquer livre pensador que o deseje!(oops, ja quebrei a corrente, agora já não posso almejar nada de bom!)

sexta-feira, outubro 12, 2007

Pedagogia

Caros leitores, aceitem esta sugestão de alguém que só muito tardiamente compreendeu Freud.

Antes de começarem a ler os ensaios sobre a teoria da sexualidade, dediquem algum tempo à leitura de capas de revistas populares.

(No entanto, não vos aconselho a ir além das capas)

quinta-feira, outubro 04, 2007

O medo só surpreende o valente

Na última semana fiz algumas viagens ao hospital e aproveitei para fazer algumas observações de campo.

Observação 1
As enfermeiras e as auxiliares são suficientemente calhandreiras e desbocadas para manter o ambiente descontraído (ainda que existam determinados assuntos do seu foro familiar que os demais preferissem não ter conhecimento).

Observação 2
Os médicos são as pessoas que andam com um estetoscópio; a tomar o café, a circular no parque de estacionamento e provavelmente noutras actividades mais embaraçosas…

Observação 3
As pessoas que exprimem recorrentemente os seus medos são as que efectivam maior coragem.
Quem tem muitos medos para superar, tem muita resistência aos seus efeitos.

sábado, setembro 29, 2007

Para Ti Amiguinha!

Cura-me, ó Senhor, e serei CURADO; salva-me, e serei salvo; pois tu és o meu louvor.
Jeremias 17:14

quarta-feira, setembro 26, 2007

Vivaldi não merecia isto

Ao contrário do que parece, o estado não respeita igualmente todos os sacerdotes italianos. Se estes, por coincidência, também forem grandes compositores do barroco, então são para queimar.

Hoje fiquei 30 minutos a ouvir um pequeno excerto das quatro estações. Obviamente que o pequeno "loop" mal arranjado pertencia ao allegro primaveril - o mais enfastiante de todos pois não há nada mais irritante do que uma jovialidade ininterrupta.

Conclusão:
É perfeitamente natural a administração pública considerar os utentes criaturas inferiores, é que não é fácil reinicializar o cérebro, limpar a baba e lembrar o propósito do telefonema, quando nos respondem após 320 ciclos de Vivaldi tocados a 44bps.

segunda-feira, setembro 24, 2007

You may pick your orders!


Mrs. Maple Syrup, Mrs. Oreos Minth, Mr. Breath Savers, Miss. Jolly Rancher.. and so on :)

quarta-feira, setembro 19, 2007

Labradores aquáticos

video

Acho que eles cá na América têm uma versão aquática da Luna... 0s leões marinhos!

Tentamos alimentar a pequena foca, mas os leões marinhos são demasiado garganeiros, ágeis e sociáveis no que toca à comidinha.

Austin at "lusco fusco"

É a minha hora preferida aqui em Austin , a do "lusco-fusco"; já não está tanto calor, as ruas enchem-se de estudantes e a cidade está cheia de vida.. mas dura pouco, quase os "5-7 minutos", pois aqui tudo fecha cedo!















terça-feira, setembro 18, 2007

GBU aqui..

Ontem foi um dia muito especial..
Finalmente começo a conhecer as ruas da cidade e a sentir-me mais confiante aqui e decidi procurar o escritório do GBU aqui em Austin.. apareci e fiquei a conhecer os meus colegas assessores daqui.. e puseram-me logo à vontade.. estou super grata por eles e pelos sonhos que já puseram no meu coração sem se aperceberem! Depois conto-vos tudo!


aqui um cartaz que encontramos nas ruas da universidade do grupo de GBU (InterVarsity) dos latino-americanos, "La Fé"

sábado, setembro 15, 2007

Um Momento Verdadeiramente Emocionante!!!



Tenho a certeza que os meus queridos amigos Predilectos e todos os Prezados Leitores vão chorar de emoção ao ler o meu primeiro post, publicado exactamente após 16 meses de existência deste modesto blog.
Já tenho a comovente imagem na minha mente, de todos vocês, com uma lágrimazinha no canto do olho!
E perguntam vocês ainda meio incrédulos: "A que se deve tão extraordinário feito?"
É de facto um fenómeno, confesso. Não um fenómeno do Entroncamento, mas um fenómeno de Paio Pires... mais concretamente do Vale da Abelha.
O facto de ter conseguido estar alguns momentos em frente a um PC, excluíndo o que me foi atribuído pela Rumos, S.A., e de ter (por via dos santos laços do matrimónio) herdado um computador para lazer, são dois fortes motivos que explicam o facto, e que vos ajudarão a desvendar todo este incrível mistério.
Espero que já estejam refeitos. Eu ainda não estou.
Enfim, a vida tem destas coisas... dá muitas voltas e está sempre a surpreender-nos.
Como a hora já vai avançada, o melhor é dar lugar às despedidas. Não vos quero de forma nenhuma habituar mal.
Cumprimentos a todos.
Espero fazer uma outra aparição em breve... ou não!
:)

sexta-feira, setembro 14, 2007

Proximidade cultural

Experimentando o Texas, tenho viajado pelas ruas com o meu bidon de café, ingerido comida rápida e usado expressões como “and stuff “, “totally” ou “awsom”. Contudo, apenas senti aquela empatia genuína quando ouvi os meus colegas texanos falar sobre um assalto ao laboratório.
Tendo conhecimento do roubo de pelo menos uma dezena de portáteis dos laboratórios do Instituto Superior Técnico nos ultimos 5 anos, pensei que tinha finalmente encontrado um denominador comum, um problema que se estendia à escala global e que nos unia a todos.

Entusiasmado, fiz mais umas perguntinhas e acabei por perceber que o assalto não passou de uma tentativa, pois o indivíduo foi capturado! – para deslumbre de qualquer habitante do IST.
Afinal a pobre criatura (que deve ter apanhado uns bons 2 anos de prisão - que esta malta não brinca!) deixou-se apanhar com um simples multimetro e uma pequena câmara fotográfica.

Enfim, ainda tenho mais uma semana para encontrar outras pontes culturais que sejam mais sólidas.

Um multimetro é um pequeno aparelho que serve para medir corrente eléctrica.

terça-feira, setembro 11, 2007

Nine Eleven na República Dominical

Hoje é um dia complicado aqui na América. Mas já todos sabemos como se vive este dia no norte deste continente empolgante.

Por esta razão, e para colocarmos este veículo de comunicação social um passo à frente da concorrência, enviamos dois correspondentes mais para sul, para que o mundo pudesse finalmente conhecer como se vive este dia fatídico nas ilhas da América Central.



...não temos conseguido estabelecer contacto com os nossos correspondentes predilectos. Começamos a achar que não é por acaso que os outros veículos da comunicação social se abstêm de enviar correspondentes para certos e determinados destinos...

segunda-feira, setembro 10, 2007

fenómeno "guitarras"


Em Lisboa temos as famosas estátuas das vacas espalhadas por toda a cidade, aqui temos guitarras. Não sei se por Austin ser uma cidade bastante musical.. mas Lisboa... errrr

Our Dodge

Finalmente fomos às compras a um supermercado a sério, o H.E.B.. Não imaginam a minha cara de felicidade quando encontramos a secção das frutas e legumes.. pensamos: "estamos safos!". Compramos montes de tomate, maçãs e agriões! O pior é o tempêro.. e o resto da comida.. só podemos usar micoroondas.. acho que as empregadas devem ficar espantadas quando vêm limpar o nosso quarto todas as manhãs! Este hotel é para viajantes, não é suposto "viver" cá durante mais do que 2 dias!

hemmm..? digam lá que não tem estilo. Cortesia do prof.
Com mudanças manuais instaladas de propósito para os Tugas ehehe!
Atrás, o maravilhoso hotel, do qual não me atrevo a mostrar mais fotos.

sábado, setembro 08, 2007

ainda sobre a pele...


Se há coisa que me faz confusão é verificar que apesar de toda a "junk food" e guloseimas, os americanos têm uma pele fabulosa, pelomenos na face..
Tem que haver uma explicação para isto.. talvez ocorra o mesmo fenómeno que acontece com a água que bebemos quando vamos a um país sub-desenvolvido: quem está habituado não lhe acontece nada, quem não está, fica doente.. ora, claro está que a minha cútis, habituadinha aos vegetais frescos da nossa horta algarvia , cozinhados na hora e temperados com azeite biológico, mais cedo ou mais tarde vai-se ressentir.

gradiente de temperatura

Já sabia que os americanos eram de extremos, mas ainda não tinha experimentado, literalmente "na pele".
Aqui a temperatura exterior é de cerca de 30ºC (ainda mais dificil de suportar com o ar super húmido, abafado que dificulta a respiração), logo é difícil estar na rua muito tempo .. mas, assim que entramos num edifício, seja ele qual fôr, fazem-nos o favor de colocar o ar-condicionado a uma temperatura muito fria! Tão fria que por exemplo, ao estar aqui na sala do hotel há 30 minutos, já me doem os joelhos do frio, como me acontece no Inverno, na minha querida terrinha!

Eu tenho uma teoria.. isto é tudo um "arranjinho" das grandes superfícies para poderem colocar nas montras as colecções Outono/Inverno...

from Austin TX


se recebeste uma sms... aqui esta o complemento visual..

sexta-feira, setembro 07, 2007

Cafézinho…

Pelo que tenho observado estou desconfiado que na América não se usam diminutivos de substântivos. Isto é tudo à grande…


Por exemplo: de certeza que esta malta não convida os amigos para um cafézinho.
Ainda que o café seja fraquinho fraquinho…

Mas nem tudo é mau neste café texano:

é mais fácil de cheirar - hábito foleiro que adquiri ao longo da minha evolução como apreciador de café.

e a pausa para café dura muito mais tempo - que é a razão fundamental pela qual todos nos viciamos na cafeína.

segunda-feira, setembro 03, 2007

"The fantastic 4"


os 4 predilectos num dia muito especial, 2 de Setembro de 2007 .
Aqui estamos disfarçados, principalmente os do centro;)

sexta-feira, agosto 31, 2007

de malas (ainda não) feitas para ...

Austin...
durante quase 3 semanas vamos fazer o reconhecimento à cidade onde iremos viver durante cerca de 1 ano..
Ontem tivemos um jantar muito fixe cá em casa com os Anema
falamos sobre "férias" e as expectativas que se colocam nesse tempo e de não vivermos uma vida equilibrada o resto do ano..
Posso dizer que as minhas férias têm sido bastante coerentes com o resto do ano; os 10 dias que até agora tirei, foram bastante produtivos em termos de bricolage: 2 cadeiras em estilo décapé, 2 toalheiros de ferro antigos (com bacia e tudo), um bengaleiro em ferro com espelho, e claro está, o carro de 1971 estará cá sempre para garantir que há sempre coisas para restaurar;)
A parte melhor é a de ficar sentada a desfrutar do meu trabalho; o problema foi que tive que voltar e acabei por não desfrutar assim tanto.. e só fui 2 vezes à praia enquanto lá estive no Algarve.. mas parece que as temperaturas lá são bem elevadas, portanto não vamos estranhar assim tanto ;)

sexta-feira, agosto 17, 2007

Stand up for human rights



This ground-breaking venture from Amnesty International mixes music, celebration and action to protect individuals wherever justice, freedom and equality are denied.With exclusive Lennon covers, artist videos and opportunities to make an impact, it's time to inspire a new generation to stand up for human rights .
Amnistia Internacional

sexta-feira, agosto 10, 2007

Traumas de infância

As cenas que vos mostro marcaram profundamente as últimas gerações e acho que explicam a maior parte dos desajustes da geração X. *



De facto, o “X” refere-se ao nome de um tal roedor que nós temos muita dificuldade em pronunciar “the one we do not speak of…”

Acho que esta criatura concorre com a talidomida para a pior invenção dos anos 50.

*
Existem imagens que provam o que digo, os que não se importarem de assistir a cenas violentas envolvendo roedores (algo que não espanta a maioria do mamíferos cá da casa...) vejam este outro video: http://www.youtube.com/watch?v=RbUx-cNKgV8

quarta-feira, agosto 08, 2007

Um gesto simples para uma pergunta néscia


Inocentemente perguntei à Kelvin se também ela gostava de ter uma espada.
Aliás, pergunto isto a todos os que esboçam alguma curiosidade pelo instrumento, apenas por uma questão de orgulho e realização pessoal.

Acho que pelas mesmas razões o gato respondeu-me com a exibição da sua patinha direita.

segunda-feira, agosto 06, 2007

Terras do Algarve II

Nesta época turística assumo a responsabilidade de sensibilizar os leitores para a beleza do Algarve, que sob a máscara de betão do oportunismo, ainda permanece verdadeiramente virgem.

Hoje falo-vos de Cabanas de Tavira, uma terra maravilhosa que viu nascer um dos mais excêntricos e desarraigados espécimens que já popularam esta nação valente e imortal.

Luis de seu nome, realizou o feito de gastar o 1º prémio do totoloto com a mesma graça com que o ganhou. Desapareceu durante 15 dias e regressou à terra natal sem que restasse outro indício da sua fortuna além da indelével memória dos nativos da sua aldeia na Ria Formosa.

Ainda hoje clama "15 dias!" com os dedos das suas mãos em riste, exemplificando neste simples gesto a fugacidade das riquezas imensas, e resumindo-as à curta soma de quem conta pelos dedos de duas mãos.

quinta-feira, agosto 02, 2007

Terras do Algarve


Num blogue sobre mamíferos existem alguns que não podem ser ignorados. Entre eles estão os refinados espécimens de Olhão.

Não há outra terra no mundo onde se pronuncie o nome da Kate Moss como se fosse outra Kate qualquer.


Elaborei a seguinte ilustração para os leitores que nunca tiveram contacto com olhanenses:
Não Olhanense - Com quem é que tu andas agora?
Olhanense - Com a Kate moss!
N O - A Kate Moss?
O - Moss! Tás parvo? A Kate… de Pechão!

segunda-feira, julho 23, 2007

Algo que nos escapa


Observei que as crianças suecas correm, lutam e rebolam pelo chão, pelo que concluo que são putos normais e saudáveis.
Quando ficam grandes produzem e exportam a mais alta tecnologia do mundo, isto apesar de habitarem num país de gelo e serem apenas 9 milhões.

Há um fenómeno qualquer que acontece durante a adolescência destes pequenos vickings que é desconhecido fora da Escandinávia.

sábado, julho 21, 2007

"quero a ajuda do público"


"around a rosie a pocket full of posies"

O que dizem vocês que isto é?

sexta-feira, julho 20, 2007

Relatórios da Escandinávia

Pelo que observei até agora, posso relatar que os suecos são gente calma, ordeira e muito educada.
Acho que os vickings até na gestão genética foram iluminados, pois tiveram o discernimento de enviar os elementos problemáticos para as ilhas britânicas.
Por sua vez, os britânicos tentaram envia-los para a Austrália – mas acho que não foram tão bem sucedidos…

Obviamente que nesta selecção perderam alguns genes do futebol, mas não se pode ter tudo. Ou se é educado, ordeiro e muito eficiente ou se tem bom futebol.
Enfim, ficou-lhes o gene da tesoura – constou-me que no reino da Suécia a saída profissional mais procurada é a arte de cortar o cabelo.


De facto, os jogadores podem não ser muito bons, mas sempre tiveram cortes de cabelo de referência.

Quem é que não se lembra do emblemático Mats Magnusson?

terça-feira, julho 17, 2007

atrevo-me a publicar o seguinte pedido

Aceitam-se candidatos para experiência inesquecível: tomar conta desta criatura meiga, no periodo de 13 a 24 de Agosto.

motivo: obras na cozinha.
sub-motivo: os furões não gostam de ficar sózinhos; se levam o dia a esconder coisas, é para importunar alguém.
sub-motivo, alinea a: não queremos arcar com as consequências de ter um furão descontente e deprimido quando regressarmos, sob pena de represálias do próprio.
garantias: muita animação, mais não podemos garantir.
requisitos: ter um espírito "aberto"; verificar sempre a máquina de lavar roupa; ter frutos secos em casa como moeda de troca

segunda-feira, julho 16, 2007

No reino da rainha Silvia

A linha vermelha é o círculo polar árctico.

Os ossos do oficio trazem-me a esta bela nação em forma de falo. Bela e solarenga. São 23:00 e o sol persiste na minha janela - vicissitudes de estar em cima do círculo polar árctico (em Lulea) em pleno mês de Julho.
Acho que vou ter direito a uma hora de noitinha e perto das 2 AM o sol irrompe novamente.

Aqui é que o lusco-fusco rendia bem! O problema é que os 5 a 7 minutos muito intensos não se adequam ao norte da Suécia.
Na verdade, se há cidade que pode candidatar-se a capital do lusco-fusco é esta, eu até já ouvi dizer que nos meses de inverno eles matam-se todos de tanto lusco-fusco que apanham…

quinta-feira, julho 12, 2007

A eficiência da simpatia

Aos caros leitores desafortunados que passam por crises de ansiedade profunda quando precisam de algum documento do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Peço a vossa condescendência para esta limitação do carácter latino pois de facto nem sei que culpa lhes podemos imputar…
É porque nem se trata de uma questão ideológica ou etnológica, de facto nas nações onde estes problemas são muito mais representativos as pessoas são aparentemente simpáticas, pacientes e atenciosas. Ainda que nestes casos, exista uma inflexibilidade completa debaixo desta eficiente assertividade.

Os hominídios destas nações são muitas vezes descritos como frios e antipáticos, contudo podem ser extremamente eficientes na simpatia; da mesma forma que são extremamente eficientes em tudo aquilo em que os treinarem.
Por cá esta regra já não se aplica. Aliás, regras e malta latina é um paradoxo.

Enfim, à boa maneira do mediterrâneo, ponhamos a culpa nos genes ou no governo (que na essência vai dar ao mesmo). Ou então no sol…

terça-feira, julho 10, 2007

O posto que orgulhosamente se ocupa

Não há duvida que a malta que povoa as margens do mediterrâneo é a mais amigável e simpática. Porém, é com relativa facilidade que se podem converter estes mamíferos amistosos em fervorosos revisores da Gestapo.
Basta colocar-lhes um carimbo na mão.

sexta-feira, julho 06, 2007

Respiração estridente em cascata

Tenho constatado que a maioria dos mamíferos ficam embaraçados com aquele comportamento estranho e desconcertante que os humanos têm quando ficam deslumbrados com alguma coisa parva.

As hienas pertencem à exígua minoria que nunca se deu conta da singularidade deste comportamento.

segunda-feira, julho 02, 2007

Panciência ou paciência

Talvez seja um trocadilho rude, mas garanto-vos que expressa eficientemente os desencontros de quem observa analiticamente os acontecimentos do quotidiano e se esforça por divulgar as relações de causalidade aos que não possuem esse dom.

sexta-feira, junho 29, 2007

Literatura e psicologia

Tenho andado a aferir os efeitos que a penúria e o acumular de dívidas a credores e benfeitores tem produzido na vida de alguns mamíferos. Descobri que um deles anda a ler:

Livro do desassossego
Cultivando o contentamento
O nosso pão diário


A psicologia não é a minha especialidade, mas acho que seria possível aplicar a esta sequência o modelo dos 5 estágios da perda de Kübler-Ross:

Negação, raiva, negociação, depressão e aceitação.

quarta-feira, junho 27, 2007

¿Ciência em Segóvia ?

Há várias coisas que se aprendem nas conferências científicas.
Por exemplo: de todas as nacionalidades presentes, os checos, os irlandeses e os húngaros têm uma simpatia e uma empatia natural para com os portugueses. Apesar de estarem menos representados nestas coisas, acabamos sempre juntos.
Se na Hungria se fizer boa cerveja há razöes para considerar que a arte de fermentar a cevada pode estar directamente relacionada com isto...

...por outro lado nunca conheci, um alemäo, um austríaco, um suiço ou um francês - no caso dos franceses estou a descontar os que estavam bêbados.

Ainda näo descobri se é por eu ser português, ou se é por eles serem alemäes, austríacos ou suiços. Ou, no caso dos franceses, se é só por estarem sóbrios.

Haveräo outras conferências cientificas onde poderei avaliar outras variáveis e tirar isto a limpo... afinal é para aprender que estamos aqui!

PS - Os brazileiros nestes eventos contam como portugueses.

PS2 - Um hungaro que acabou de se sentar no computador ao meu lado informou-me que há cervejas muito boas na Hungria.

terça-feira, junho 26, 2007

ando a lêr...

Peguei no meu coração
E pu-lo na minha mão.

Olhei-o como quem olha
Grãos de areia ou uma folha.

Olhei-o pávido e absorto
Como quem sabe estar morto;

Com a alma só comovida
Do sonho e pouco da vida.

Dobre, de Fernando Pessoa

quinta-feira, junho 21, 2007

Honestidade (teorema)

Depois de dois amigos terem sido endrominados por um indivíduo que se dizia muito sério, tenho meditado diariamente no paradigma da honestidade no discurso directo.

Proponho o seguinte teorema:

As preposições que usem o adjectivo “honesto” na primeira pessoa são falsas, a não ser que tenham um sentido depreciativo.

terça-feira, junho 19, 2007

relíquias



uma relíquia, daquelas do tempo dos reis, do bisavô do meu pai; nem sei como é que isto ainda não desmoronou tudo! recuperada com uma "ajudinha" do sr. calado

segunda-feira, junho 18, 2007

Segurança

Let's just say I was testing the bounds of reality. I was curious to see what would happen. That's all it was: curiosity.

Jim Morrison


Os Nietzschenianos à séria são como as crianças. Temos que os manter afastados do fogo, objectos cortantes e químicos perigosos.

sexta-feira, junho 15, 2007

Cientista português não chora

Aqueles que vivem da misericórdia há muito que já deixaram de chorar.
Mas para embaraço dos da minha classe seco aqui a pequena lágrima de quem regressa de uma visita à Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Não se justifica com incompetência ainda não ter assinado o contrato de um projecto que era para começar em Março. Acho que é simplesmente a prepotência típica de quem gere com absolutismo o rumo da ciência e dos cientistas deste país.

Quando fizer jeito a vossas excelências, agradecia que atentassem para as pessoas que aguardam benevolentemente a manifestação da vossa graça para poderem prosseguir com as suas vidas.

quarta-feira, maio 30, 2007

arrogante demais

"Quando eu, o Filho do Homem, vier na minha glória com todos os anjos, então sentar-me-ei no meu trono glorioso, e todas as nações serão reunidas diante de mim."
_ Jesus

in Bíblia (Mateus, cap. 25, vs.31,32)

sexta-feira, maio 25, 2007

lucro versus generosidade

"Tratamento Voluntário da Gravidez", anuncia a Clínica dos Arcos na secção dos Classificados, página 32 do Público.
como se aqui se praticasse algum tipo de voluntariado ou acto clínico.

Em contraste, temos na página 31,
Diz não ao «tratamento voluntário da gravidez»
porque juntos encontramos a esperança.
800 20 80 90 Ponto de Apoio à Vida

No primeiro vende-se a morte, no segundo oferece-se vida e esperança.
Um visa o lucro, outro dá-se voluntariamente...

quarta-feira, maio 16, 2007

Ajuntamentos musicais

segunda-feira, maio 14, 2007

A "pequenina Basquiat" voltou a brilhar...

Desta vez, não com os seus quadros que embelezam a nossa sala, mas com a sua capacidade de ir à lua e voltar no mesmo instante:)

Perguntava-lhe eu o que tinha aprendido de manhã na escolinha da minha igreja, ao que ela responde prontamente: "Uma mulhé pôs um pêrfumi nas cabeça do Deus".

Eu, meio estonteada, tentando que ela desenvolva, começo a ficar confusa.. mas o máximo que consegui saber foi mesmo: "e despôis ele ficou doente, com dô de barrrrriggaaaa"..

quinta-feira, maio 10, 2007

Circum-navegação solar

Este ente blogosférico completou hoje a sua primeira circum-navegação ao sol, o que nesta galáxia nostálgica é motivo mais que suficiente para uma festa.

Os leitores mais viajados certamente concordarão que não há canto mais saudosista do que a Via Láctea. Tudo o que nos faça lembrar o génesis é razão para pândega - copos, berreiro e frustração (normalmente por esta ordem).
É assim e não há nada a fazer... há quem diga que é do excesso de oxigénio... Quando o nome da galáxia é de si mesmo um monumento ao saudosismo o melhor é entrar no espírito.
Convenientemente, Via Láctea lembra-nos também o nosso primeiro post...

"O que melhor caracteriza os mamíferos
Existem três características exclusivas da classe dos mamíferos (mammalia). Os pêlos, o tipo de orelhas e a produção de leite. Destas três, qual é a que nos haveria de definir…
As MAMAS!
Porque não os pêlos, que é tão mais evidente? A classe peludae…
Cá está a prova de que a biologia é tudo menos uma ciência isenta.
"

quarta-feira, maio 09, 2007

Publicidade Gratuita III

"Uma criança de nove anos, que esporadicamente assiste à escola dominical na minha igreja, depois de eu ter ensinado que Jacó tinha tido doze filhos de quatro mulheres e de ter apresentado algumas razões para isso, exclama muito admirada:

- Ah! Era um garanhão!

Imediatamente uma outra criança da mesma idade mas muito mais assídua pergunta:
- O que é um garanhão?

Como se pode imaginar, a lição desse domingo teve um final um pouco diferente."

Fernanda Silva in http://www.diascomarrebol.blogspot.com/

terça-feira, maio 01, 2007

Luna no "Surviver"

Soltamos a Luna numa quinta no Alentejo. Aconteceu de tudo: assustar-se com os cães grandes malhados (vacas), cair à ribeira mais do que uma vez, confundir relva com lodo e molhar-se (outra vez), levar tareias de gatos, ficar presa em arame farpado. Do que se constata que o seu indice de sobrevivência seja nulo..

quinta-feira, abril 26, 2007

gatos de "sangue azul"

A kelvin andou a investigar a sua árvore genealógica..
Encontramos caido da prateleira o livro "Os aristogatos".

terça-feira, abril 24, 2007

Teorema em Proverbiologia Portuguesa

O nosso compromisso com a Proverbiologia Portuguesa (fonte de toda a ciência intergaláctica) impele-nos a aclarar a magnificência dos provérbios toscos, de que é exemplo o pequeno portento:

“Abril águas mil”

Já é conhecido que um provérbio português que rime é uma verdade universal (ver Noções de Proverbiologia Portuguesa), contudo, não há nada descrito sobre a qualidade das rimas. Para esclarecimento dos nossos leitores (e colateralmente como inebriante contribuição cientifica) publicamos neste blogue um novo teorema:

Quanto mais fácil e mais parva for a rima de um provérbio português mais evidente e incontestável é a verdade que ele comunica.

quinta-feira, abril 19, 2007

CSI apanhou o Jesus filho do José

A programação pascal já deixou de ser exclusivamente direccionada para os crentes. E ainda bem, pois o mercado cristão há muito que anda completamente saturado. Não fosse o Mel Gibson e ainda passava o “Ben Hur” e o “Dez Mandamentos”.

Confesso que fiquei um pouco decepcionado com o CSI pascal. Aliás, o CSI sempre me irritou um bocado. Acho que como utilizador da mesma panóplia de instrumentos deprime-me que os deles funcionem como a orquestra do Karajan e que metam o Poirot e o Sherlock no bolso.
Como se não bastasse, o pior do CSI pascal foi colocarem pessoas da ciência a falar no fim do episódio.
Para o ano, se no domingo de aleluia da oposição passarem um diagnóstico do Dr. House não chamem os médicos para comentar se faz favor!

segunda-feira, abril 02, 2007

The Mirror Mask


Um mimo da Made With Love na minha agitada semana. Adorei os grafismos e a banda sonora de Iain Ballamy

terça-feira, março 27, 2007

Feromonas

Isto de se comemorar o dia internacional da poesia no dia 21 de Março diz mais acerca da Primavera do que acerca da poesia.

O, she doth teach the torches to burn bright!
It seems she hangs upon the cheek of night
Like a rich jewel in an Ethiope's ear;
Beauty too rich for use, for earth too dear!
So shows a snowy dove trooping with crows,
As yonder lady o'er her fellows shows.
The measure done, I'll watch her place of stand,
And, touching hers, make blessed my rude hand.
Did my heart love till now? forswear it, sight!
For I ne'er saw true beauty till this night.

Romeu disserta sobre Julieta (by William Shakespeare)

segunda-feira, março 26, 2007

Primavera

Este sábado estive à janela a contemplar a chegada da Primavera com o mamífero mais observador da casa.
Acabei por concordar com ela a respeito das aves, que são na sua generalidade ostensivas e provocadoras e merecem os destinos desgraçados que lhes possamos sentenciar.

(O tal mamífero acha também que os pássaros são apenas uma versão mais rápida e suculenta das traças – neste ponto não chegamos a acordo pois nunca comi traças...)

quinta-feira, março 22, 2007

Ontem aconteceu um acidente no meu laboratório. Um reactor que se encontrava a 150 atmosferas rebentou cuspindo pelo firmamento finas partículas de químicos capazes de transformar o mais comum dos mamíferos em algo novo...

A explosão assustadora impregnou-me a pele de uma substância chamada sacarina (ou Benzisotiazol) que tem a particularidade de ser 400 vezes mais doce que o açúcar.
Ainda não descobri totalmente os poderes especiais que este cataclismo me conferiu mas as expectativas são altas!
Neste momento estou mais preocupado com o nome... sugarmen não tem muito impacto mas soa bem melhor que sweetie boy – por exemplo.

Talvez Saccharine...

quarta-feira, março 21, 2007

Politica de transportes

Até ao dia de hoje defendi que a bicicleta é um excelente meio de transporte que permite retirar dividendos em 3 áreas:

- gestão dos recursos ambientais,
- gestão da sanidade física
- gestão dos recursos financeiros

Durante o trajecto velocipédico de hoje fui iluminado por uma brisa ascendente que me revelou a existência de uma restrição relativa ao terceiro item. Apenas é possível obter vantagens financeiras se a bicicleta valer mais do que as calças.

O incidente também me refrescou o intelecto relativamente a outros itens que deveriam contra-balancear a lista supra mencionada, nomeadamente, prejuízos de responsabilidade civil como atentados ao pudor e danos morais.

sexta-feira, março 16, 2007

Espírito académico

Há alguns dias fui visitar as minhas amiguinhas do sexto ano de medicina dentária no decorrer da sua disciplina de Cirurgia Oral. O meu dente do siso (3-8) está em mau estado e tem de ser extraído.
Já deitado na cadeira as pequenas algozes dizem-me que não têm competência para arrancar esse dente por estar incluso, apenas os professores o podem fazer mas tem que se marcar consulta. Propuseram-me então que se arrancasse outros dentes (o 1-8 e o 2-8) “já que estava ali não valia a pena perder a viagem” – disseram.
Depois de alguma relutância inicial comecei a entrar no espírito e acedi que me extraíssem um deles, “basta um” – disse eu.
Depois de um breve sorteio calhou o 1-8.

E foi assim que não se perdeu a viagem e o relatório das moças ficou mais composto.

domingo, março 11, 2007

Diz que é uma espécie de Mezzanine

Mais uma vez os mamíferos que intervêm neste blogue assumem o desafio de contraprogramar outros produtos da comunicação social.
Domingos à noite estamos assim... mais mesquinhos que a TVI.

Às vezes sinto que o mundo é um apartamento com mezzanine, em que uns ficam na amurada a observar os outros que andam lá em baixo a comer croquetes e a beber sumo de laranja.
Obviamente que há malta capaz de atirar com croquetes à cabeça dos mezzanínicos. Resolvi escolher uma dessas incontornáveis figuras para o nosso primeiro programa.




















Deixo-vos com um excerto do tema musical FMI:
(neste programa não há necessidade de alterar as letras dos intervenientes)

“... É pá, deixa-te disso, não destabilizes pá! Eh, faz favor, mais uma bica e um pastel de nata. Uma porra pá, um autentico desastre o 25 de Abril, esta confusão pá, a malta estava sossegadinha, a bica a 15 tostões, a gasosa a sete e coroa... Tá bem, essa m_ _ _ _ da pide pá, Tarrafais e o carágo, mas no fim de contas quem é que não colaborava, ah? Quantos bufos é que não havia nesta m_ _ _ _ deste país, ah? Quem é que não se calava, quem é que arriscava coiro e cabelo, assim mesmo, o que se chama arriscar, ah? Meia dúzia de líricos, pá, meia dúzia de líricos que acabavam todos a fugir para o estrangeiro, pá, isto é tudo a mesma carneirada! Oh sr. guarda venha cá, á, venha ver o que isto é, é, o barulho que vai aqui, i, o neto a bater na avó, ó, deu-lhe um pontapé no cu, né filho? Tu vais conversando, conversando, que ao menos agora pode-se falar, ou já não se pode? Ou já começaste a fazer a tua revisãozinha constitucional tamanho familiar, ah? Estás desiludido com as promessas de Abril, né? As conquistas de Abril! Eram só paleio a partir do momento que tas começaram a tirar e tu ficaste quietinho, né filho? E tu fizeste como o avestruz, enfiaste a cabeça na areia, não é nada comigo, não é nada comigo, né? E os da frente que se lixem... E é por isso que a tua solução é não ver, é não ouvir, é não querer ver, é não querer entender nada, precisas de paz de consciência, não andas aqui a brincar, né filho? Precisas de ter razão, precisas de atirar as culpas para cima de alguém e atiras as culpas para os da frente, para os do 25 de Abril, para os do 28 de Setembro, para os do 11 de Março, para os do 25 de Novembro, para os do... que dia é hoje, ah? ...”

sexta-feira, março 09, 2007

Ciência Lusa

Faz hoje 15 dias que entreguei o meu corpo para experiências cientificas. Actualmente a minha boca está hipotecada a duas alunas na faculdade de medicina dentária.
Desenganem-se aqueles que julgam que o faço por amor à ciência. Sei bem o que a casa gasta, tudo o que seja aulas práticas tende a dar para o torto...
Mas enfim, ser bolseiro científico em Portugal transforma-nos em criaturas desarreigadas de materialismo, tudo começa a parecer-nos eficiente dentro da máxima: “é prá desgraça, é prá desgraça” e começamos a orgulhar-nos da falta de bom senso.
A seguir vem o descuido com a higiene pessoal - critério imprescindível para que um dia transitemos de bolseiros para professores assistentes – se chegarmos lá, até nos deixam tomar conta de um aparelho qualquer cujo nome se pronuncie por acrónimos...

segunda-feira, março 05, 2007

A minha estirpe musical

sábado, fevereiro 24, 2007

Fenómenos musicais

Nesta casa é normal acordarmos ao som de magníficos excertos da mais pura e experimental música contemporânea.
...aquela destruição da tonalidade e de toda a forma de melodia...
...uma disfunção rítmica total até ao expoente máximo do aleatório...
...mas principalmente aquela profundidade completa com um vazio de sentido absoluto!
É difícil encontrar músicos pós-modernos que componham com tanta erudição...
... e a nós basta esquecermo-nos do piano aberto.


terça-feira, fevereiro 13, 2007

À bolina

Na blogosfera substituir um post é um procedimento seríssimo e extremamente delicado que requer um enquadramento civilizacional que invoque as matérias mais transcendentes da filosofia. É quase como um comunicado da RTP.

Dito isto:
A vida é o fenómeno natural que parece carregar os outros com um sentido, não obstante ela é indomável e escapa-se facilmente de todos os que dizem possui-la. Por esta razão o post anterior teve que ser substituído.

Resumindo:
A vida escapa-se. Conformemo-nos o suficiente para não querermos usurpar o Olimpo, inconformemo-nos o suficiente para adquirir uma boa espada.

segunda-feira, fevereiro 12, 2007

sentido de humor de Jesus


João 6:25-58

terça-feira, janeiro 30, 2007

Prudência


Não há dúvida que Neptuno é um planeta lindíssimo. Mas não é razão para descurar o facto de que lá sou um mamífero com menos de 10 semanas!

Para os mais curiosos: um ano neptúnico corresponde a 164,8 anos terrestres.

sexta-feira, janeiro 26, 2007

quarta-feira, janeiro 24, 2007

"Não dês os mirtilos ao cão porque se eles aí estão é porque fazem bem a alguma coisa"

Aquando da minha tentativa de me ver livre dos ditos mirtilos que compunham uma sobremesa confeccionada pelo Sr. Calado que, para quem não sabe, possui elevada clareza no campo da nutrição.

quinta-feira, janeiro 18, 2007

Regra proverbiológica

Os provérbios portugueses são tão ubíquos que se podem aplicar a todos os mamíferos sem excepção. Contudo, a sua apropriação a mamíferos com mais do que uma vida, como é o caso dos felinos (que possuem 9) deve obedecer à seguinte regra:

Todas as palavras relacionadas com o verbo viver devem ser substituídas por expressões do verbo comer.

Por exemplo:
O provérbio “quem é vivo sempre aparece” aplica-se aos mamíferos supra mencionados na forma seguinte:
“quem come sempre aparece” ou numa tradução mais livre:

“quem tem fome sempre aparece”.

quarta-feira, janeiro 17, 2007

Ondas sonoras

Haver um ajuntamento de pessoas em Odivelas numa rua chamada Heróis de Chaimite, já é por si só uma conjuntura de acontecimentos interessantíssima!

Ainda mais se lá tocar uma banda autodenominadada por:


Sexta-feira 19 de Janeiro no CafeconSerto...

terça-feira, janeiro 16, 2007

Ilustração do post anterior

segunda-feira, janeiro 15, 2007

Psicologia


O convívio diário com felinos de má índole em espaços confinados é o móbil de comportamentos de ansiedade permanente em muitos mamíferos.

quinta-feira, janeiro 11, 2007

Oportunidades

È fácil distinguir quando uma nação está madura para receber uma ditadura forte.
Quando a massa crítica de um país vai desencantar um ex-ditador piolhento e cavernoso, dá-lhe um bom banho, apara-lhe a barba e depois concede-lhe uma morte digna de um William Wallace, é inequívoco!

É pena o Iraque ser tão longe da Q. do Conde...
além disso o clima é seco demais para a maioria dos mamíferos...

segunda-feira, janeiro 08, 2007

Provérbio

No madrugar deste novo ano nada é mais prudente do que prestarmos a devida deferência à proverbiologia.

Aqui fica a minha contribuição para o filão de sabedoria que é a proverbiologia portuguesa:

Se não querem que os vossos infantes se tornem estrelas do "Black Metal", não lhes dêem nomes do antigo Egipto.

quinta-feira, janeiro 04, 2007

Será possível exigir o direito à escolha ignorando o direito à informação?

http://www.sobreoaborto.info/imenu.htm

terça-feira, janeiro 02, 2007

Dejá vu

1000 milhões de quilómetros em 365 dias! UAU !!!

Este planeta de 6000000000000000000000000 kilos desloca-se no espaço a mais de 100 mil quilómetros por hora!

Apenas uma questão me impacienta; tanto universo para ver, tanta galáxia para visitar e ao fim de um ano voltamos exactamente ao mesmo sitio.

Definitivamente, Deus está à espera de algo da nossa parte...